TV PIBCI

Artigos / Questão de Saúde


Fibromialgia

Por Djulie da Silva

 

 

A fibromialgia é uma síndrome reumatológica caracterizada por dor crônica muscular em todo o corpo, com múltiplos pontos sensíveis, atingindo as articulações, tendões e tecidos moles. De forma direta, ela não oferece riscos de morte, mas indiretamente poderá trazer consequências sérias, necessitando de administração de medicamentos, para alívio da dor por longos períodos.


As causas ainda são desconhecidas, mas diversos fatores se mostram associados, como:

 

* Genética: onde a fibromialgia é manifestada em pessoas da mesma família;

 

* Infecções por vírus e doenças autoimunes; muitas pessoas relatam terem observado que, após um evento fisicamente ou emocionalmente traumático se desenvolveu a fibromialgia;

 

* Distúrbios do sono, memória, sedentarismo, ansiedade e depressão; todos eles podem estar ligados a esta síndrome.

 

 

Sintomas da fibromialgia:

 

* Dor generalizada: dor persistente na maior parte do corpo;

 

* Fadiga excessiva: frequentemente a portadora já acorda cansada, mesmo q tenha tido um bom sono. O sono é sempre interrompido por causa da dor desenvolvendo apneia e insônia;

 

* Redução da capacidade de se exercitar e realizar atividades aeróbicas;

 

* Dormência e formigamentos nas mãos e pés;

 

* Dores de cabeça constante ou enxaquecas;

 

* Palpitações;

 

* Deficit cognitivo e de memória com dificuldade de concentração.


 

Etiologia:

 

* Sexo: é muito mais comum em mulheres do que em homens;

 

* Idade: entre 20 e 50 anos;

 

* Histórico familiar: recorrente entre os membros, indicando que existe um fator genético.


 

Diagnóstico:

 

* O diagnóstico para fibromialgia é feito clinicamente pelo médico, por meio da história do paciente e seus sinais clínicos.

 

* Não há exames laboratoriais que façam o diagnóstico, mas o médico pode solicitá-los, a fim de descartar possíveis diagnósticos.


 

Tratamento:


Como toda doença crônica, o objetivo do tratamento é o controle da doença, seus sinais e sintomas.

 

O foco é sempre evitar a incapacidade física, minimizando os sintomas e melhorar a saúde de modo geral.

 

O tratamento pode envolver:

 

* Fisioterapia;

 

* Pilates;

 

* Caminhada;

 

* Academia;(exercícios de baixo impacto);

 

* Hidroterapia;(muito aceito entre os pacientes pelos seus benefícios);

 

* Terapia cognitivo comportamental;

 

* Métodos para alívio de stress como, massagens e técnicas de relaxamento.

 

 

 

 

 

Djulie da Silva é fisioterapeuta.

djuliee@yahoo.com.br

(28) 3522-0419

Avenida Beira Rio, 93 - Guandu - Cachoeiro de Itapemirim - ES

© Primeira Igreja Batista de Cachoeiro de Itapemirim. Todos os direitos reservados.

 

Produção / Cadetudo Soluções Web